G.R.C.E.S. (Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba)

Beira Rio

Fundação: 06/06/1941 (Bloco) / 02/01/1970 (Escola)
Cores: Vermelho, Azul e Branco
Títulos: 2002

 

    

     Um início inimaginável. Uma história atípica e por esta razão, deliciosa. Um grupo de amigos. Um cursílio religioso. Um curso para redescobrir a própria fé (No carnaval? Não, em Jesus). Um bate papo informal durante o intervalo. "Por que não fundarmos o nosso próprio bloco, composto por estudantes, normalistas, sei lá, por quem mais vier".

     Os amigos eram Carlos Faro, José Prudente, Zoza, João Alckmin. O ano era 1970. Em comum, eles tinham apenas o sonho, o entusiasmo e alguns instrumentos musicais improvisados. Queriam mudar o carnaval. Desmistificar aquela história de que o carnaval tinha que ser homogêneo. Queriam quebrar tabus, convencer as famílias "tradicionais" da cidade a deixarem que suas filhas fizessem parte da folia. Queriam levar para a Praça e depois para a Avenida pessoas de diferentes classes sociais, estudantes de medicina, ou engenharia e pessoas mais humildes, com a mesma vontade de celebrar a vida e divertir-se. No início parecia uma idéia absurda. Aos poucos conseguiram quebrar vários tabus.

     A trajetória do Beira-Rio, durante muitos anos, foi a trajetória dos próprios estudantes do Guará. Jovens da cidade, ligados ao centro estudantil, foram para a Avenida pela "first time" naquele momento. E nunca mais conseguiram ficar longe dela.

 


Carnavais

Ano Enredo Classif. Grupo Letra MP3
1978          
1979          
1980          
1981          
1982 Castelo de Ilusões     Letra 1982  
1983        
1984 A Arca de Noé     Letra 1984  
1985 Noite de Gala        
1986          
1987          
1988          
1989          
1990 Nordeste, no Repente Uma Ilusão        
1991 Pare o Mundo... Eu Quero Descer        
1992 Num Arco-Íris de Ilusões        
1993 Não Houve Desfile Oficial -   - -
1994 Utopia de Um Novo Paraíso        
1995 Plim Plim 30 Anos no Ar 1    
1996 Dançando Para os Deuses        
1997 Não Houve Desfile Oficial - - - -
1998        
1999        
2000 A Escola de Samba Não Desfilou - - - -
2001 A Escola de Samba Não Desfilou - - - -
2002 No Escurinho do Cinema (Urânio e Central) 1 Letra 2002  
2003 Da Grande Multiplicação Ocorreu a Transformação 1 Letra 2003
2004 Magia que Seduz os Corações: Eis aqui Nossas Paixões 1 Letra 2004  
2005 Seda: A Aurora do Oriente

1

Letra 2005
2006 Da Inspiração à Evolução, Santos Dumont, 100 Anos de Aviação

1

Letra 2006  

2007

Mazzaropi: O Artista do Povo! Do Circo ao Cinema, a Simplicidade de um Gênio 1 Letra 2007  

2008

Vinho: Fonte de Vida e Prazer ! Da antiguidade aos dias de hoje, sua história e seus mistérios

1 Letra 2008  
2009 Humano Coração Humano. Símbolo das Emoções. Máquina da Vida 1 Letra 2009  
2010 Não Houve Desfile Oficial - - - -
2011 O mundo em nossa mão: uma homenagem ao telefone 1    
2012 Divina e humana: eis aí a tua mãe 1    
2013 Não Houve Desfile Oficial - - - -
2014 Aondê Ñamandu, Criadora do Universo e dos filhos da sabedoria, eterna chama de amor 1    
2015 Não Houve Desfile Oficial - - - -
2016 Não Houve Desfile Oficial - - - -