G.R.E.S. (Grêmio Recreativo Escola de Samba)

Vilage no Samba

Fundação: 23/09/1948
Cores: Verde e Branco
Títulos: 2002

 

     Em 23 de setembro, Nova Friburgo ganharia outra Escola de Samba: Grêmio Recreativo Vilage no Samba, que tem entre seus fundadores, além de Raul Trigo Sobrinho, Otávio Gorni, José Kalil Gastim, Michel Kalil Gastim, Gastim Kalil Gastim, Avelar Garcia, Edson Matheus, Teresa Matheus, Constante Trigo, Onofre Rodrigues, Nelson Rosa Frederico, Sebastião Rosa Frederico, Antônio José Nicolau Guzza, Eliude Vidal, Dário Salomão Borges, Adélia Trigo, Hélio Veiga, Luiz Carlos Sardou, Celso Arnoldo Salomão Borges, Evelina Faria, Luiz Carlos Feno Levorato, o Lilito e Luiz do Nascimento, o Leônidas.

     A fundação da Vilage no Samba veio fortalecer o congraçamento de um grupo formado por Leônidas, Nelson, Estrangeiro, Tião, Eliude dentre outros. Descontentes com a expulsão sumária do ensaio de uma escola de samba, levaram suas queixas ao então líder e conselheiro da rapaziada, Raul Trigo Sobrinho, que, mediante a lamentável ocorrência, sugeriu que o grupo criasse uma Escola de Samba no bairro Vilage. Raul disse ainda, por puro desaforo, que a escola deveria se chamar Vilage no Samba, já que eles eram os “Alunos no Samba.”
     Dessa forma, no dia 23 de setembro de 1948, surgia o Grêmio Recreativo Vilage no Samba. Leônidas sugeriu um águia como símbolo da escola e a sugestão foi prontamente aprovada pela primeira diretoria. Os fundadores da Vilage criaram a mística que os sambistas devem desfilar com garbo, altivez, coragem, nobreza e a precisão de uma águia. A Verde e Branca mostrou a que veio logo no seu primeiro desfile em 1949 e sagrou-se campeã. Desde então, sempre escreve páginas de reconhecida importância na história do Carnaval friburguense e tornou-se a maior campeã de Nova Friburgo com 20 títulos.

 


Carnavais

Ano Enredo Classif. Grupo Letra MP3
1949 Falam de Mim 1
1950
1951 Pra Seu Governo 1
1952 Mundo de Zinco 1
1953 Morena da Orgia 1
1954
1955
1956 A Vila foi um Sonho que Nasceu 1
1957
1958 Covarde 1
1959 Nasci na Roda de Samba - Exaltação 1
1960
1961
1962
1963
1964
1965
1966
1967 Fazenda do Morro Queimado 1
1968 Canto do Rouxinol 1
1969 Exaltação à Cabral - Descobrimento do Brasil 1
1970
1971 Herança - Escravidão no Brasil 1
1972
1973 África , Brasil e Samba 1
1974
1975
1976
1977
1978
1979
1980
1981
1982
1983
1984
1985
1986
1987
1988
1989 O Fascinante Canto das Sereias 1
1990
1991 Esplêndido  Brasil 1
1992
1993
1994 A Escola de Samba Não Desfilou - - - -
1995
1996
1997 Amazonas, um Grito de Alerta: Respirar  é Preciso 1    
1998 Terra Brasil: Caminho de Sonhos e Liberdade 1    
1999 Asas da Liberdade: Em cada Luta uma Lição, em cada Irmão a Igualdade 1    
2000          
2001 Não Houve Desfile Oficial - - - -
2002 Um Brasil de Poesias Imortais: Os estilos, os Poetas, as Denúncias Sociais 1    
2003          
2004 Brasil Coração do Mundo, na força da Fé a Esperança de Paz 1    
2005 Na arte da Magia tem Feitiço de Amor 1    
2006 O pão nosso de cada dia traz a massa pra folia 1    
2007 Os mistérios da vida. Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos? 1 Letra 2007  
2008 Decifra-me ou Te Devoro 1 Letra 2008  
2009 Os Batuques do Morro Queimado 1    
2010 A Saga de José, Rei dos Sonhos, Príncipe da Fé 1    
2011 Não Houve Desfile Oficial - - - -
2012 Filhos do faz de conta 1    
2013 Vem ver a Vila passar cantando coisas de amor 1    
2014 Rosas Negras 1    
2015 A Escola de Samba Não Desfilou - - - -
2016 Rota das especiarias 1    
2017 Enigmas da Humanidade - A fascinante viagem da águia pelos mistérios que o homem não decifrou 1